Notícias

Governo publica nova regra da correção do IR, que passa a valer a partir de abril

Publicado em November 3, 2015
Voltar

O governo editou na terça-feira (10) amedida provisória 670com a correção escalonada da tabela do Imposto de Renda da Pessoa Física, conforme acordo acertado entre o Executivo e o Congresso Nacional. A nova tabela valerá a partir de abril.

Segundo a MP, publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira, a faixa de isenção e a faixa de alíquota de 7,5% terão reajuste de 6,5%. Isso beneficiará cerca de 16 milhões de contribuintes, disse o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, na noite de terça-feira ao anunciar o acordo.

Para a faixa com alíquota de 15%, o reajuste será de 5,5%; para faixa de 22,5%, a correção será de 5%; e para faixa com alíquota de 27,5%, o reajuste será de 4,5%.

Assim, um veto da presidente Dilma Rousseff que impede a correção integral da tabela em 6,5% deve ser mantido pelos parlamentares.

Com a correção, quem ganha até R$ 1.903,98 estará isento do imposto. Na faixa entre R$ 1.903,99 e R$ 2.826,65, o contribuinte pagará 7,5% de IR.

A alíquota de 15% passará a incidir sobre as rendas entre R$ 2.826,66 e R$ 3.751,05. Na quarta faixa, estão os cidadãos que ganham entre R$ 3.751,06 e R$ 4.664,68, que pagarão imposto de 22%.

A maior alíquota, de 27,5%, passa a ser aplicada a quem recebe a partir de R$ 4.664,69.

Fonte:r7.com